Código de Ética - MaraBilhas de Vizela - Post do Ano 2006 - Post do Ano 2007 - Post do Ano 2008 - Post do Ano 2009 - Expectaculares Super-Produções deste blog

quarta-feira, agosto 23, 2006

Assim de repente, vamos atentar em certas expressões do quotidiano. Em que na maioria estou contra. Hoje estou de mau-humor, que querem? Acordei para o lado errado da cama e calcei os chinelos da namorada. - hahaha uma graçola para desanuviar.
E as expressões de que falava são: :), :|, :( - hhahaha brincadeira outra vez. Ca estão elas:

Armar um 31, - Deve ser uma expressão militar para armar uma tenda.
Chegar á pavana, - Só quem é pequeno é que não chega.
Linda penca, - Chamar couve a um focinho... é porque é mesmo bonito!
Fechou-se em copas, - s.e. barricar.
Dar à sola, - E quem tiver a sola gasta?
Bater a caçoleta, - Também conhecido como ir para a Terra dos Pés Juntos. Mesmo assim não sei o que é a caçoleta.
Dar 2 dedos de conversa, - Modernices. As coisas que as pessoas de hoje dão umas às outras.
Meteu água, - Nem pensem que vamos falar do Sr. Koeman!
De grilo, - Nem do Co Adriaanse.
Passar pelas brasas, - Por isso neste tempo acordo suado. E a culpa é do povo que inventou isto.
Chamou-lhe um figo, - Se fosse eu a chamar diziam que estava maluco.
Na gaveta, (termo futebolístico) - Nem vou comentar de onde é que isto veio.
A noite ia alta, - ahhahaha... estes egípcios... malucos!... sempre a chamar noite à lua.
Noite em claro, - Claro? Que apagasse a luz! (Também justificado pela junção de duas expressões: -Apanhei uma bebedeira! Não dormi nada esta noite...
-Claro!)
Em maus lençóis, - Puro mau gosto. Já ninguém usa linho.
Por uma nesga, - O que é uma nesga?
Rés-vés campo de Ourique, - Segue até à 2ª circular e está na Luz.
Armar o cão, - Expressão israelita, inventada por se ter esgotado o stock de soldados.
Voz de cana rachada, - Nunca ouvi a cana a cantar para saber.
Um palmo de testa, - Porra! Já chega de falar da Mariza Cruz!
Conversa de chacha, - Encher chórissos?
Olho à Belenenses, - A culpa é do Mateus!
Conheço como a palma da minha mão, - Pensem lá... Já pensaram? Agora pensem se conhecem a palma da vossa mão.
Reprovas-te? Ah, uma raposa, - Mas os estudantes são galinhas? Se sim, cantam, cantam mas não põe ovos.
Levar na marmita, - Cada um sabe de si...
Ala que é cardozo, - Pobre do Cardozo... Toda a gente o acha feio.
Sem fazer barulho, pé ante pé, - Novidade do cacete! Niguém consegue andar de pés juntos sem fazer barulho.
Andar a calcar pitos. - ?!?!?!?

Se alguém sabe a origem destas expressões agradecia um comentário.

3 comentários:

O Verdadeiro Consórcio das Revistas Cor de Rosa disse...

Últimos desenvolvimentos:

O Monarca regressou.

Mais novidades em "O Cor de Rosinha."

;)

1/2Kg de Broa disse...

Aleluia! Depois de uma ausência prolongada por motivos de força menor chegou o Monarca!
Estamos sem monarca há tanto tempo que pensei entregar isto a Espanha.

kYn disse...

Tamanha foi a sabedoria popular demonstrada, que queria requisitar que me traduzisse a expressão: "Meter os pés pelas mãos."