Código de Ética - MaraBilhas de Vizela - Post do Ano 2006 - Post do Ano 2007 - Post do Ano 2008 - Post do Ano 2009 - Expectaculares Super-Produções deste blog

quinta-feira, junho 22, 2006

Zé Microondas Trinitron era um homem mais que bom; era bombeiro. Tinha 3 filhos legítimos de 5 mulheres diferentes, e como só tinha 22 anos e já tinha tantos filhos decidiu dar-lhes nomes por ordem alfabética, para o caso de ter mais. O mais velho, com 5 anos, era o Arnesto, o seguinte, com 3 anos, era o Bicente, e o mais novo, com 7 anos, era o Cebastião. Este último, uma menina.
Eram uma família muito pobre e por isso moravam na rua. Mais propriamente na Rua do Cordão, numa casa com 1 quarto e 3 casas de banho - 3 penicos debaixo da cama.
Zé Trinitron era embaixador da Croácia Saudita na Coreia do Lado e vivia com sua mulher, Bionécia Olívia, feirante, mais conhecida por “Barateira de Aljubarrota”. Mas a relação entre os dois não era a melhor. Ela tinha-lhe tanto ódio que fazia anos de casada duas semanas depois dele.
Trinitron era um trabalhador honesto e tinha tanto medo de fazer asneira no trabalho que punha lá os pés apenas 3 ou, em caso de ser preciso resolver problemas, 2 vezes por mês. Era o típico trabalhador que, aquando dos festejos da passagem de ano, olhava para o novo calendário a ver em que dias da semana iam calhar os feriados.
Zequinha Vidago da Madragoa era irmão de Microondas Trinitron e trabalhava na Repartição de Finanças. O trabalho dele era repartir o máximo de finanças para ele. Metade para ele, um terço para o Estado e o resto prós pombos.
Zequinha era pai de 7 rapazes, 4 raparigas, um Teletubbie e do Tide Máquina.
Zequinha foi preso por falcatruas nas finanças. Ao que parece foi preso por repartir dinheiro a mais para o Estado. Apanhou 10 anos de prisão perpétua, e, para mal dos seus pecados, o seu filho teletubbie ficou lilás.
Lininha Cascalheira de Madragoa, mulher do Zequinha, coxa e com duas pernas, era feirante e farpava-se largo! Era campeã regional de peidos polifónicos e por isso toda a gente a tratava por gaita-de-foles, vai-se lá saber porquê! (Mas vai-se lá… onde? Á casa da senhora? É isto que eu não percebo…). Tal como o marido também foi presa, mas por ter partido uma perna sem receita médica.


- Continua... prá próxima, num post abaixo -
- Afinal enganei-me :D -

2 comentários:

alma encarnada disse...

Digo e torno a dizer: este rapaz está mal aproveitado - devia estar num programa tipo herman ou levanta-te e ri.

1/2Kg de Broa disse...

É aproveitar agora que o Marco Horácio vai deixar o levanta-te e ri e vou para lá eu. lol.
Não, eu não quero fazer disto vida, é so uma maneira de quem está comigo não ter de aturar estas piadas secas.
Mas obrigado plo esforço ;)